A GIP (Gestão de Interesse Público), o Instituto Paulo Montenegro e o Conhecimento Social divulgaram na segunda-feira (17/04) o Mapeamento das OSCs (Organizações da Sociedade Civil) na Formação Continuada de Professores da Educação Básica. Essa é uma iniciativa do Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária), executada pel.
Esse levantamento buscou responder questões relacionadas a ações de formação continuada de professores no Brasil, fontes de financiamento, abrangência, entre outros. Os resultados da análise indicam que as OSCs têm um importante papel para a qualificação do trabalho docente, contudo indicam que ampliar o alcance das ações formativas ainda é um desafio a ser superado.
O GIP também vem realizando um levantamento interno de mapeamento de organizações de grantmalking internacionais e nacionais que apoiam projetos no Brasil.

Para conhecer os resultados destas e de outras questões relacionadas ao Mapeamento, acesse a pesquisa: http://bit.ly/2prAN6h